quarta-feira, 25 de novembro de 2009

FAPESP emite alerta sobre cobranca indevida

Recebi estes dias um comunicado da FAPESP, alertando sobre cobranças indevidas que estão sendo enviadas em seu nome. Eu já recebi várias cobranças assim, inclusive, pelo correio tradicional, mas vindo em nome da FAPESP é inédito.

Parece haver muita gente de má fé aqui no Brasil. É triste.

Recebemos aqui na empresa, há coisa de 1 mês, uma cobrança de um domínio e hospedagem, que desconhecemos totalmente, no
valor de R$ 129,90. Verificando no serviço WHOIS, o domínio nem constava como registrado.

A desonestidade e o famoso "jeitinho" realmente imperam por aqui. Basta ver a quantidade de e-mails que todos devemos receber, falando sobre foto e vídeo torpedo, recadastramento de contas de e-mail, bancárias e de cartoões de crédito, fotos no motel, traição, amigos com quem se perdeu o contato, e mais recentemente, as cobranças em boleto.

Tem gente recebendo cobranças deste tipo, através de serviços de pagamento como o PagSeguro e I-Pagare. Imagine a confusão que isso pode causar. Principalmente, entre os menos inexperientes "condutores de computador".

Mas por que uma pessoa, faria um vírus para coletar dados sigilosos de suas vítimas, ou mesmo os boletos de cobrança aqui citados? Essa é fácil de responder. Porque são ladrões! São desonestos com conhecimento tecnológico que o usam em beneficio próprio, se valendo das grotescas falhas de segurança e arquitetura do sistema operacional Windows que, diga-se de passagem, deveria ter perdido todos os seus vírus, worms, trojans e outras desgraças, há pelo menos 10 anos. Sinceramente, não consigo entender isso: Como é possível que aqui no século 21, onde temos computadores de vários gigahertz, ainda exista esse tipo de coisa?

Seria o mesmo que aceitar que, hoje em dia, as pessoas ainda morressem de gripe simples, ou que crianças ainda contraíssem a paralisia infantil. Pior ainda: Pense no seu filho morrendo de sarampo.

Mais uma vez eu pergunto: Como é possível que hoje em dia ainda existam essas falhas bizarras no Windows que permitem qualquer um ter acesso doentio ao sistema e dados do usuário?

Para aqueles que pensarem que me perdi no assunto e acabei indo simplesmente atacar o trolhovilhoso Windows só por ser eu um usuário de Linux, digo que não me perdi não e quem tem tudo a ver sim.

Por dia, recebo no GMail entre 30 e 50 SPAMs, dois quais, mais ou menos a metade tenta me fazer clicar em algo ruim para baixar algo muito pior. Destes 50%, todos são destinados à quem usa Windows, portanto, se não existisse o Windows ou se este sistema, ainda que existindo fosse PELO MENOS seguro, eu receberia somente de 15 a 25 SPAMs.

Claro, os boletos com cobranças indevidas ainda poderiam ser enviados, mas é possível que a cultura do roubo pela internet nunca tivesse sido criada, fazendo assim os SPAMs que recebo tratarem somente de vendas de Viagara, aumento de pénis, troca de sexo e outras porcarias que tentam vender.

Segue o e-mail da FAPESP alertando sobre as fraudes:

Alerta sobre cobranca indevida

de
Pagamentos Registro .br
para
data23 de novembro de 2009 12:05
assuntoAlerta sobre cobranca indevida
enviado pormailexploder.registro.br


Prezado(a) Usuário(a),

Em razão de continuadas tentativas de iludir a boa-fé dos usuários do
Registro brasileiro, vimos alertar para que prestem atenção aos
boletos recebidos que não sejam provenientes de seu provedor habitual
de serviços DNS ou do próprio Registro brasileiro, sediado no NIC.br.

Ressaltamos que nosso boleto bancário para pagamento de registro e/ou
manutenção de domínio tem o valor baseado em períodos anuais. [1]

Os boletos emitidos pelo NIC .br possuem os seguintes dados:

Cedente: NIC.br - CNPJ: 05.506.560/0001-36
Banco: Santander Banespa no. 033-7
Agência: 0105
Conta: 1303201-4

O NIC .br está totalmente empenhado para que estas atividades sejam
interrompidas. Todas as medidas legais possíveis de serem utilizadas
até o momento estão sendo adotadas contra a(s) entidade(s) que vem
efetuando estes abusos.

Caso necessitem de mais informações, a nossa equipe de atendimento
está a sua disposição. [2]

Agradecemos a atenção,

Registro.br
http://registro.br/

[1] http://registro.br/info/valor.html
[2] http://registro.br/contate.html


Certa vez, um amigo me perguntou se haveria alguma forma de eu voltar a usar Windows. Após refletir um pouco, eu disse que sim, se a Trolhosoft fizesse o que Apple fez com seu MacOS, levando-o para uma plataforma seguramente estável, sim eu poderia vir a usar Windows, como eu posso vir a usar um MacOS. Mas, sinceramente, não acredito que a Desgraçosoft venha a fazer isto, pois, seria o mesmo que admitir que, durante umas duas décadas, alguns malucos como eu estavam certos e que todos os demais seres humanos eram de fato clicadores controlados, que viviam presos à uma interface que nunca foi fácil e, além disso, admitir a pior parte de todas: Seu sistema sempre foi ruim.

Na verdade, para que o WINDOWS POSSA SER CONSIDERADO RUIM, ELE AINDA TEM QUE MELHORAR MUITO!


Nenhum comentário:

Postar um comentário